CULINÁRIA

 

 

 

 

CULINÁRIA

Biomassa de Banana verde: o maior coringa da alimentação saudável

LIDIANE BARBOSA CHEF DE COZINHA INTERNACIONAL

Saiba mais sobre seus benefícios e como fazer, esse tesouro que vai trazer muita saúde a sua vida

Não bastasse ser uma das frutas mais consumidas, saborosas e adoradas no Brasil, a banana tem benefícios que vão além do que se imagina. Principalmente, no caso do fruto ainda verde, usado para fazer a famosa, biomassa de banana verde, o verdadeiro coringa da culinária saudável.

Como nos contou a chef Lidiane Barbosa a massa ganhou esse apelido por ser um espessante natural de sabor neutro, e que pode ser usado na substituição de muitos ingredientes, como por exemplo os clássicos creme de leite, maionese e leite condensado.

As vantagens são incontáveis além de pouco calórica, baixo teor de açúcares, o fruto ainda verde, atua na proteção da mucosa gástrica e também apresenta conteúdo significativo de amido resistente, o qual age no organismo de forma similar a fibra alimentar, ou seja, tudo de bom para o nosso intestino.

Ainda segundo a chef, como possui baixo índice glicêmico, faz com que a sua digestão e absorção seja mais lenta, ou seja quantidade de glicose liberada no sangue é mais lenta também, aumentando a saciedade e contribuindo para a prevenção do desenvolvimento de diabetes e combatendo o acúmulo de gordura corporal.

RESUMO dos benefícios da biomassa de banana verde:

- tem baixíssimo índice glicêmico, sendo super interessante em doenças como diabetes e hipercolesterolemia;


- é rica em amido resistente, que promove saciedade, ajudando na perda de peso;

- rica em prebióticos que nutrem os probióticos ("bichinhos bons") do nosso intestino, melhorando a flora intestinal (consequentemente temos melhor absorção de vitaminas e minerais, intestino em bom funcionamento e maior produção de serotonina);

- além de melhorar a serotonina por melhora da flora intestinal é ainda rica em triptofano que é precurssor desse neurotransmissor (serotonina = hormônio da felicidade e bem estar);


- fonte de inúmeras vitaminas, entre elas as do complexo B que promovem aumento do pique e energia.

Aprenda com a chef Lidiane Barbosa a forma correta de fazer a queridinha da gastronomia funcional, Biomassa de Banana Verde.


RECEITA:

Tire as bananas uma a uma do cacho, cuidando para que esse corte seja bem rente para que nenhuma parte interna sofra contaminação no momento do cozimento.

Lave uma a uma com água e sabão enxaguando bem.

Em uma panela de pressão coloque água até a metade, ligue o fogo e deixe essa água ferver.

Quando estiver fervendo coloque as bananas. Muito importante a água estar fervendo, pois, esse choque térmico faz parte do processo.

Tampe a panela, a água deve ser suficiente para deixar as bananas "cobertas", e quando começar a ouvir o barulho da pressão, abaixe o fogo, conte 8 minutos e desligue. Deixe que a pressão toda saia naturalmente da panela, não acelere o processo, não abra a panela.

 Destampe a panela e descasque as bananas, cuidado, pois, estarão quentes. Mas terá que ser feito com elas ainda quentes para facilitar o processo.

Bata no liqüidificador, se necessário acrescentar um pouco de água para formar uma pasta e esta pronta.

 VALIDADE : 3 a 6 meses no congelador. Eu costumo congelar em potes de vidro porções de 200 GR para utilizar de uma vez quando descongelada.

Na geladeira o ideal é consumir em até 3 dias.



MAIS SOBRE LIDIANE BARBOSA

A chef que já exerceu a advocacia é apaixonada pela cozinha desde a adolescência. Numa viagem de intercâmbio pela Europa, em 2002, trocou uma especialização com foco na carreira jurídica pelo curso de gastronomia na Escola de Restauració I Hostalatge, de Barcelona.

Não demorou muito para ela mergulhar de cabeça na gastronomia funcional. Fez pós-graduação e outras especializações na área. No ano passado, teve a oportunidade de expandir seus conhecimentos estudando na Le Cordon Bleu, em Paris. E, neste ano, no Natural Gourmet Institute, em Nova York.